(54) 9 9605.7729 | (54) 3231 2872 | contato@hfcarraro.com.br
Menu

você está em: Inicial | Coprodução agroecológica

O Mundo Orgânico

Acompanhe

Coprodução agroecológica: a chave para um futuro sustentável

 
Todas as mudanças climáticas e problemas ambientais refletem diretamente na alimentação que chega à mesa das pessoas no mundo todo. Períodos de seca ou de muita chuva comprometem drasticamente as safras e a qualidade da colheita.

À medida que os padrões climáticos continuam a mudar e os recursos naturais diminuem, como será possível cultivar alimentos de forma sustentável? É aqui que entra a coprodução agroecológica.

Quer saber mais sobre o que isso significa e como interfere na sua vida e alimentação? Então acompanhe!

O que é a coprodução agroecológica?

A agroecologia é a base da agricultura sustentável. É a ciência e a prática de aplicar conceitos, princípios e conhecimentos ecológicos para a produção e comercialização dos alimentos.

Quando o trabalho humano mantém o respeito e está em sintonia com a natureza, acontece o que chamamos de coprodução agroecológica. Essa abordagem agrícola imita os ecossistemas naturais e é um método alternativo para produzir mais alimentos usando menos recursos.

Se você está se perguntando como isso é possível, nós explicamos.

Nos ecossistemas, não há “desperdício” e os nutrientes são reciclados constantemente. A coprodução agroecológica visa manter esse ciclo natural, devolvendo todos os recursos que saem do solo, de volta ao solo.

No caso da horticultura, por exemplo, isso pode ser feito através da compostagem de restos de vegetais ou estrume de animais.

A agroecologia também aproveita os processos naturais para controlar as pragas e manter a fertilidade do solo. As práticas agroecológicas incluem a integração de árvores com o gado e culturas, produção de alimentos agroflorestais, cultivo de várias culturas em um único lote e uso de culturas e gado adaptados ao local e geneticamente diversificados.

Reflexos da coprodução agroecológica

Essas atitudes se opõem ao modelo empresarial de produção e fornecem um conjunto de soluções para as pressões ambientais e econômicas que a agricultura enfrenta atualmente.

Isso significa que a agroecologia não produz apenas alimentos, empregos e bem-estar econômico, mas também benefícios sociais, ambientais e culturais.

A coprodução agroecológica e capaz de:

• Aumentar a resiliência ecológica, aumentando a diversificação com o cultivo de árvores, sistemas agroflorestais, uso de espécies locais e sistemas integrados de cultivo e pecuária;
• Melhorar a saúde e a nutrição das pessoas com uma alimentação mais diversificada, nutritiva, além de reduzir o número de intoxicações por pesticidas e doenças relacionada a produtos químicos;
• Conservar a biodiversidade e os recursos naturais, como matéria orgânica do solo, água, diversidade genética das culturas e inimigos naturais das pragas;
• Melhorar a estabilidade econômica com fontes de renda mais diversificadas, necessidade de mão de obra a longo prazo e redução da vulnerabilidade por conta das oscilações dos preços de commodities;
• Amenizar os efeitos das mudanças climáticas com uma menor dependência de combustíveis fósseis e insumos agrícolas baseados em combustíveis fósseis e captação de água no solo.

Porque a coprodução agroecológica é necessária

O sistema industrial de produção de alimentos é insustentável. As grandes fazendas produzem grandes quantidade de alimentos, fibras e outras matérias-primas, mas essa abundância vem às custas do meio ambiente, da saúde pública e até da produtividade agrícola a longo prazo.

Esse sistema agrícola industrializado gera uma série de problemas. Práticas como a monocultura (plantio das mesmas lavouras no mesmo solo ano após ano) e o plantio frequente degradam a qualidade do solo.

O excesso de escoamento de fertilizantes prejudica a pureza das águas naturais, o uso excessivo de pesticidas e agrotóxicos levanta preocupações sobre os impactos ambientais e sobre a saúde humana.

Além disso, a industrialização do sistema agrícola criou um distanciamento entre consumidores e agricultores, ou seja, entre o que comemos e de onde vem. A comida chega embalada nas prateleiras dos supermercados com poucos traços de suas origens rurais.

A boa notícia é que é possível consertar isso. De acordo com estudos realizados pela ONU, a agroecologia é uma das melhores esperanças para alimentar as pessoas no mundo todo.

Isso é possível porque sistemas de coprodução agroecológicos apresentam práticas agrícolas que trabalham a favor da natureza e podem evitar os impactos prejudiciais da agricultura industrial.

Tudo isso sem sacrificar a produtividade e fornecendo alimento para um grande número de pessoas.

(54) 3231 2872
(54) 9 9984.9783
(54) 9 9605.7729
contatocarraro@gmail.com

Matriz:
Capela Sto. Antônio – 2º Distrito
Monte Alegre dos Campos/RS
95236-000

Filial e depósito:
Rua Nilo Peçanha, 1498
Vacaria/RS
95-211.283

Somos uma agroindústria familiar voltada a produção de produtos orgânicos, sem conservantes, sem agrotóxicos e sem adubos químicos, visando uma alimentação saudável para contribuir com a qualidade de vida das pessoas.

Facebook

desenvolvimento Six interfaces