(54) 9 9605.7729 | (54) 3231 2872 | contato@hfcarraro.com.br
Menu

você está em: Inicial | Agroindústria familiar

O Mundo Orgânico

Acompanhe

O que é a agroindústria familiar?

 
A agroindústria é uma atividade importante para a economia e para o desenvolvimento da agricultura familiar. Através dela, matérias-primas, como frutas, leite e carnes podem ter sua vida útil prolongada e se transformarem em outros produtos.

Pela definição, a agroindústria é uma unidade que agrega valor aos produtos originários da agricultura, silvicultura e pesca, processando-os em produtos comercializáveis.

Esse tipo de industrialização é totalmente bem-vindo e traz uma série de vantagens para a agricultura familiar. Bebidas, geleias, doces, polpas e queijo são alguns exemplos de produtos processados fabricados pela agroindústria familiar em todo o Brasil.

Desenvolvimento da agroindústria familiar

A princípio, a agroindústria pode parecer algo restrito aos grandes produtores e indústrias especializadas no setor. Porém, a transformação das matérias primas não é novidade na agricultura familiar.

Alguns estudos mostram que as técnicas de processamento de produtos de origem animal e vegetal foram desenvolvidas por imigrantes para conservar os alimentos, principalmente as carnes in natura quando ainda não havia sistema de resfriamento.

Essas técnicas foram passadas para as próximas gerações e incorporadas na agricultura familiar. Inicialmente, toda a produção das pequenas propriedades e o processamento dos produtos eram direcionadas apenas para a subsistência da família.

Com o passar do tempo, os pequenos produtores começaram a se integrar ao mercado e deram início à comercialização dos produtos e ao aprimoramento das técnicas de agroindustrialização.

Com a agroindústria familiar, os pequenos produtores e os familiares participam de todo o processo, desde a preparação das terras e cultivo, até o processamento, embalagem e distribuição dos produtos.

E não pense que por ser feito em pequenas propriedades rurais, a agroindústria familiar é um setor amador. Pelo contrário, para exercer a atividade, é necessário ter licença sanitária, tributária e social. Isso garante a procedência e qualidade dos alimentos que chegam até o consumidor.

Além de gerar emprego e renda no meio rural, a agroindústria evita o desperdício de produtos agropecuários e mantém a cultura rural viva com a fabricação de produtos livres de aditivos químicos.

Diferenciais dos produtos

Não é novidade que as pessoas estão com o tempo cada vez mais “curto” e qualquer alternativa que facilite o dia a dia é bem-vinda. Quando falamos de alimentação – principal categoria dos produtos agroindustriais – as facilidades são ainda mais necessárias.

O fato é que as pessoas pararam de viver apenas de comida fresca e estão buscando cada vez mais alternativas saudáveis e práticas.

Imagine que você queira fazer um suco de uva. Mas para isso, precisa plantar uma parreira, aguardar os frutos amadurecerem e depois começar a fazer o suco utilizando técnicas para extrair o melhor sabor da fruta.

Esse processo pode ser bem mais curto se você optar por comprar um suco de uva integral, que já foi passado por todas as etapas de agroindustrialização e está pronto para saborear.

Esse é um bom exemplo de produto feito pela agroindústria familiar de forma orgânica e totalmente saudável. Dessa mesma maneira, diversos produtos, como doces, geleias, extrato de tomate farinhas, queijo, entre muitos outros são uma opção prática e saborosa.

Os métodos agroindustriais para o processamento e preservação dos alimentos possuem muitos benefícios, como:

• Melhor sabor ou qualidade nutricional;
• Possibilita o estoque de suprimentos;
• Aumenta a vida útil dos produtos;
• Produtos prontos ou quase prontos para o uso;
• Proximidade entre produtores e consumidores.

Participação da família

Na agroindústria familiar toda a família participa ativamente do processo. A maior parta da matéria-prima processada é produzida pelos próprio agricultores individualmente ou em associações.

As mulheres geralmente têm um papel importante na agricultura familiar. Especialmente na agroindústria, elas foram as pioneiras pois o processamento dos alimentos já era realizado tradicionalmente na cozinha das fazendas.

As mulheres agricultoras são responsáveis por plantar os alimentos, fazer o processamento e ainda conciliar com as tarefas domésticas e cuidados com os filhos.

Além de gerar renda para as famílias agricultoras, a agroindústria possibilita a inclusão social de mulheres, jovens, idosos e outros segmentos menos privilegiados. Cada um desempenha seu papel e contribui para o bom funcionamento da agroindústria e geração de renda no campo.

(54) 3231 2872
(54) 9 9984.9783
(54) 9 9605.7729
contatocarraro@gmail.com

Matriz:
Capela Sto. Antônio – 2º Distrito
Monte Alegre dos Campos/RS
95236-000

Filial e depósito:
Rua Nilo Peçanha, 1498
Vacaria/RS
95-211.283

Somos uma agroindústria familiar voltada a produção de produtos orgânicos, sem conservantes, sem agrotóxicos e sem adubos químicos, visando uma alimentação saudável para contribuir com a qualidade de vida das pessoas.

Facebook

desenvolvimento Six interfaces